Homem é preso nos EUA por ataque com cobra

Um homem foi preso na cidade de Rock Hill, no Estado americano da Carolina do Sul, acusado de atacar outro hóspede do hotel onde estava pernoitando com uma cobra de estimação. Segundo o jornal local Herald, os dois homens tiveram uma discussão por causa do volume em que Tony Smith, 29 anos, escutava música.

BBC Brasil |

Jeffery Culp, a vítima, disse que pediu para que Smith abaixasse o volume às 21h.

Duas horas depois, ainda segundo Culp, ele saiu de seu quarto para fumar na varanda, ao lado de sua esposa e um vizinho, quando Smith deu um tapinha em seu ombro, chamando-o.

"Ele disse: 'olhe aqui!' e apertou a cabeça da cobra, fazendo-a abrir a boca. Ele enfiou o bicho na minha cara, que tentou mordeu minha boca", disse Culp.

Trauma
A cobra mordeu Culp no lábio superior, mas a vítima não precisou ir a um médico.

Culp disse que tomou um banho de três horas para tentar acalmar-se, mas não conseguiu dormir.

A vítima disse à polícia que, naquele mesmo dia, havia dito à Smith que tinha pavor de cobras.

Smith entregou a cobra à familiares antes de ser preso, acusado de agressão. Ele foi liberado na quarta-feira após pagar fiança.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG