Ricardo Ortiz, de 46 anos, condenado à morte no Texas pelo homicídio de um companheiro da prisão, foi executado nesta quinta-feira, anunciou o Departamento estadual de Justiça.

O falecimento de Ortiz, executado com uma injeção letal, foi registrado às 18h18 (22h18 de Brasília).

"Amo minha família, obrigado por seu apoio. Estou em paz. Eu os amo e amo meus filhos. Até breve", foram suas últimas palavras.

Conhecido pela imprensa local por dirigir a "quadrilha da prisão do Texas", Ricardo Ortiz cumpria pena por inúmeros assaltos, quando foi acusado de ter assassinado um companheiro no presídio de El Paso.

Em 17 de agosto de 1997, "ele injetou uma dose mortal de heroína em Geraldo García para ter certeza de seu silêncio", conforme nota da Procuradoria Geral estadual.

lum-cel/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.