Homem é detido por suposto envolvimento em assassinato de jornalistas croatas

Sarajevo, 31 out (EFE).- A Polícia bósnia deteve no noroeste do país outro suspeito de estar envolvido no atentado em que morreram na semana passada em Zagreb o dono da revista croata Nacional, Ivo Pukanic, e seu gerente de vendas, Niko Franjic, Segundo informa hoje o jornal bósnio Dnevni Avaz, o suspeito, identificado como H.

EFE |

E., 35 anos, foi detido na quinta-feira e em sua casa foram encontrados explosivos.

O detido foi entregue à Promotoria da cidade bósnia de Bihac, que deverá decidir se essa pessoa será extraditada para a Croácia, diz a fonte.

A detenção se soma às dez já realizadas pela Polícia croata, que deteve na quarta-feira oito cidadãos croatas e dois sérvios, membros do crime organizado, por suspeitas fundadas de sua participação no assassinato de Pukanic e Franjic.

No esclarecimento desse caso, a Polícia croata coopera com as Policiais das vizinhas Sérvia e Bósnia. EFE sn/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG