Homem é detido no Uruguai por abusar de enteada na frente da mulher

Montevidéu, 21 mar (EFE).- A Justiça uruguaia vai julgar um homem acusado de estuprar várias vezes sua enteada, de 7 anos, cuja mãe tirava fotos dos abusos com um telefone celular, informou hoje a imprensa local.

EFE |

O casal, de 30 anos, foi detido na quinta-feira, acusado de estupro e produção de material pornográfico.

O caso foi descoberto por acaso, depois que o acusado, que trabalhava como segurança num supermercado, emprestou o telefone a um policial que fica de guarda no mesmo estabelecimento e, acidentalmente, acessou a pasta de arquivos fotográficos.

Segundo o jornal "La República", o agente pediu o celular para enviar uma mensagem de texto e, sem querer, viu as várias fotos em que o segurança aparecia abusando da menor.

Após devolver o aparelho, fingindo não ter visto as imagens, o policial denunciou o fato a seus superiores.

Uma vez detido e interrogado pela Unidade Especializada em Violência Doméstica da Polícia de Maldonado, cidade que fica a 150 quilômetros de Montevidéu, o estuprador admitiu que as fotos foram tiradas por sua companheira, a mãe da menor, que permitia e aprovava os abusos.

Uma vez detida, a mulher, sem mostrar nenhum arrependimento, confessou sua participação nas violações.

O "La República" acrescentou que a menor foi colocada sob a custódia da avó, que cuidava da menina até que a mãe pediu-a de volta há alguns meses. EFE amr/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG