Homem é detido em aeroporto londrino por negar o Holocausto

Londres, 1 out (EFE).- Um homem acusado de negar o Holocausto foi detido hoje no aeroporto londrino de Heathrow a pedido das autoridades alemãs, informou a Polícia Metropolitana de Londres.

EFE |

O australiano Gerald Toben, de 64 anos, foi detido em cumprimento de uma ordem européia de detenção tramitada pela Alemanha.

Concretamente, Toben é acusado de publicar na internet material "de natureza anti-semita e/ou revisionista", que nega, aprova ou diminui a importância da morte em massa de judeus pelos nazistas, segundo as autoridades alemãs.

A ordem especifica que o acusado cometeu o crime na Austrália, Alemanha e outros países.

Gerald Toben deve comparecer hoje ao Tribunal de Westminster, no centro de Londres, acrescentou a Polícia, sem dar mais detalhes. EFE pa/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG