Homem é condenado nos EUA por contrabandear componentes militares à China

Miami, 15 mai (EFE).- Um juiz do estado americano da Flórida condenou hoje um homem a cinco anos de prisão por comprar alta tecnologia e componentes eletrônicos de uso militar para contrabandeá-los à China e a Hong Kong, informou hoje a Procuradoria do distrito sul da Flórida.

EFE |

Joseph Piquet foi considerado culpado por sete crimes e também foi condenado a dois anos de liberdade supervisionada após o cumprimento de sua pena na prisão.

Entre os artigos de alta tecnologia contrabandeados por Piquet figuram "amplificadores muito potentes criados para uso militar, em radares e em sistemas de mísseis", diz um comunicado da Procuradoria.

Durante o julgamento, que durou quatro dias, foram apresentados testemunhos nos quais se provou que, em cinco ocasiões, entre 2004 e 2005, Piquet comprou componentes eletrônicos restritos e forjou certificados ao fabricante para ocultar o destino final dos equipamentos. EFE emi/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG