Homem é acusado de assassinar esposa durante mergulho em lua-de-mel

Sydney - A Justiça australiana ditou hoje uma ordem de detenção contra um americano acusado de assassinar sua esposa enquanto ambos praticavam mergulho durante sua lua-de-mel, na Austrália, em 2003.

EFE |

Christina Mae Watson morreu em 22 de outubro daquele ano, na região de Grande Barreira de Coral, segundo a Polícia australiana, depois que seu marido, David Gabriel Watson, fechou a válvula de sua garrafa de oxigênio.

A investigação sustenta que as declarações do marido não batem com as provas existentes.

O acusado, que está nos Estados Unidos, terá que viajar à Austrália ou ser extraditado para o julgamento, que será realizado na Corte Suprema de Townsville, no estado de Queensland.

    Leia tudo sobre: bizarro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG