Bruxelas, 28 fev (EFE).- Um dos passageiros do avião que caiu na quarta-feira passada em Amsterdã, matando nove pessoas, disse ter vivido, menos de uma semana antes, outro acidente aéreo, em Istambul e que não deixou vítimas.

Rob De Knecht, um cidadão holandês, viajava no último dia 19 em um avião com destino ao Iraque que, ao aterrissar em Istambul para fazer escala, derrapou na pista e bateu de frente com um poste de iluminação, segundo explica a agência de notícias holandesa "ANP".

Apenas seis dias depois, o holandês estava a bordo do aparelho da Turkish Airlines procedente da capital turca que caiu pouco antes de aterrissar em um aeroporto de Amsterdã, por causas ainda desconhecidas, matando nove pessoas e deixando mais de 80 feridos.

Como consequência do acidente em Amsterdã, De Knecht teve quatro costelas quebradas.

O homem lembra que o comandante do aparelho avisou, como é habitual, à tripulação e aos passageiros sobre a aterrissagem e, segundos depois, a aeronave despencou. EFE epn/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.