Berlim, 17 mar (EFE).- A Polícia alemã deu por resolvido o caso de um assalto espetacular a um torneio de pôquer no último dia 6 no hotel Grand Hyatt de Berlim, onde um grupo de quatro homens levou uma quantia de 242 mil euros.

Segundo a Procuradoria, um homem de 21 anos se apresentou hoje à Polícia, confessou sua participação no assalto e no interrogatório ao qual foi submetido e revelou os nomes de seus três cúmplices.

Os ladrões, todos homens entre 19 e 21 anos, já tinham cometido diversos crimes antes do assalto ao Grand Hyatt.

Após o incidente, os quatro ladrões repartiram a quantia, o que impediu a Polícia até agora de recuperar todo o dinheiro roubado.

Durante o assalto os ladrões foram filmados por uma câmara de segurança. A foto de um deles, com parte do rosto visível, tinha circulado na imprensa e, por isso, o chefe da Polícia berlinense, Dieter Glietsch, contou desde o início que o caso se resolveria com rapidez. EFE rz/sa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.