Homem com rifle AR-15 vai a protesto contra Obama

PHOENIX - Cerca de dez pessoas portando armas, incluindo um com uma espingarda de estilo militar AR-15, participaram de uma manifestação do lado de fora do centro de convenções onde o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, discursava na última segunda-feira. Este é o mais recente dos vários incidentes em que manifestantes tenham exibido abertamente armas de fogo perto do presidente.

Redação com AP |

Defensores do porte de armas nos EUA dizem que eles estão exercendo seu direito constitucional garantido pela 2ª Emenda da Constituição, enquanto aqueles que argumentam para mais de controle de armas dizem que essas exibições públicas são "um desastre esperando para acontecer".

A polícia de Phoenix afirmou que os manifestantes que estavam portando armas durante o protesto no evento da última segunda-feira, incluindo um homem com um rifle AR-15, não precisavam de autorização. O porte de armas em Phoenix é permitido a qualquer pessoa, desde que a arma esteja visível. Nenhum crime foi cometido e ninguém foi preso.


Homem foi com rifle a evento de Barack Obama em Phoenix / AP

O homem com o rifle não quis se identificar, mas disse ao jornal Arizona Republic que estava portando a arma porque "poderia". "No Arizona, ainda tenho algumas liberdades", disse ele.

Na última semana, durante um encontro de Barack Obama em New Hampshire, um manifestante que estava do lado de fora do recinto foi fotografado com uma pistola amarrada em sua perna. "É uma declaração política", disse o manifestante ao jornal Boston Globe. "Se você não usar os seus direitos, então você perde os seus direitos." A polícia pediu que o homem deixasse a escola onde acontecia o discurso de obama, mas ele também não foi preso.

Fred Solop, um cientista político da Universidade do Arizona, disse que os incidentes em New Hampshire e Arizona sinalizam o início de uma tendência preocupante.

"Quando você começar a levar armas para comícios políticos, traz outro nível de preocupação e significado", disse Solop. "Isso é bastante assustador para muitas pessoas. Cria um efeito tenebroso na capacidade da nossa sociedade no exercício da comunicação honesta", disse. Solop disse que nunca ouviu falar de alguém trazer uma arma perto de eventos presidenciais. "Quanto maior for a arma, o mais ameaçador é a situação", disse ele.

Armas liberadas

No Estado do Arizona, vigora a lei do "open-carry" sobre o porte de armas. Isso significa que qualquer pessoa legalmente autorizada a ter uma arma de fogo pode transportá-la em público, desde que a arma esteja visível. Apenas alguém que carrega uma arma escondida precisa ter porte de arma.

Paul Helmke, presidente de uma ONG favorável ao controle de armas, disse que as pessoas não deveriam ser autorizados a levar armas para eventos em que Obama irá aparecer. "Para mim, isso é loucura", disse ele. "Quando você traz uma arma carregada, particularmente carregado um rifle, a qualquer acontecimento político, mas sobretudo para um evento onde o presidente está, você está apenas criando uma situação perigosa para todos", afirmou Helmke.

Leia mais sobre porte de armas

    Leia tudo sobre: armasestados unidosobama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG