Homem causa tumulto ao espalhar 100 cobras em centro comercial na China

PEQUIM - Um homem causou grande tumulto em um movimentado centro comercial no centro da China ao abrir uma caixa de papelão na qual guardava cerca de 100 serpentes, fazendo com que elas escapassem e se espalhassem por todo o recinto, informou o jornal oficial China Daily.

EFE |

O incidente aconteceu no mercado de roupas de Quanxin, na cidade de Wuhan (capital da Província de Hubei, à margem do rio Yang Tsé), e aparentemente por causa de desavenças entre os donos do mercado e algum dos comerciantes que alugam as lojas.

"As serpentes rastejavam por todas as partes", disse ao jornal uma vendedora do centro comercial, de sobrenome Zhang.

A polícia chegou ao local e seus soldados demoraram cerca de meia hora para recuperar todos os animais, sem que ninguém ficasse ferido.

Nos últimos anos, são frequentes as notícias de acertos de contas entre negociantes na China, causando problemas de ordem pública como explosões de bombas caseiras ou envenenamentos maciços de clientes de um estabelecimento "rival".

Leia mais sobre China

    Leia tudo sobre: china

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG