Holandesa de 14 anos que queria dar volta ao mundo é achada no Caribe

Haia (Holanda), 21 dez (EFE).- A holandesa Laura Dekker, de apenas 14 anos e que queria dar a volta ao mundo em um veleiro sozinha, foi encontrada na ilha de San Martin, no Caribe, depois de três dias desaparecida.

EFE |

A imprensa da Holanda informou que a menina está sob custódia policial até o retorno ao país. As autoridades buscam um "alojamento adequado" para Dekker, que estava sob a tutela do instituto de proteção à infância local desde que seu pai perdeu a guarda por decisão da Justiça, em agosto.

Recentemente, um tribunal de Utrecht decidiu que a menor ainda não estava preparada para iniciar a aventura, que tinha sido autorizada por seu pai. Três meses depois, ela disse que não tinha desistido.

A imprensa especula se Laura desapareceu com medo das pressões às quais estava submetida desde a proibição. A Polícia investiga o possível envolvimento do pai da menor.

O jornal "De Volkskrant" lembrou que crianças não podem viajar sozinhas de avião sem autorização dos pais ou tutores. O pai da menor não foi à Polícia comunicar o desaparecimento, mas informou a mãe da menina, de quem é divorciado.

Foi o atual marido da mãe de Laura Dekker que denunciou o sumiço dela. EFE.

mr/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG