Bruxelas, 26 dez (EFE).- As autoridades antiterroristas da Holanda asseguraram hoje, após uma primeira investigação, que o nigeriano que tentou explodir nesta sexta-feira um avião com destino a Detroit (EUA) procedente de Amsterdã passou pelos controles do aeroporto.

Antes de embarcar em Amsterdã no voo que o levaria a Detroit, o homem atravessou sem levantar suspeitas os controles de segurança regulares, segundo disse à agência de notícias holandesa "ANP" um porta-voz do organismo nacional de luta contra o terror.

No entanto, os controles não impediram que ele embarcasse com material explosivo.

"Embora os controles tenham sido feitos de maneira correta, não podemos descartar que tenha subido no avião com objetos potencialmente perigosos", reconheceu o porta-voz.

Para ele, pode se tratar de objetos dificilmente detectáveis pelos controles de metais.

O responsável pela tentativa de atentado tinha amarrado material explosivo à perna, que depois tentou explodir injetando produtos químicos com uma seringa. EFE mrn/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.