Holanda detém 12 suspeitos de terrorismo

Ministério Público faz detenções após informações de inteligência de que somalis planejavam lançar 'em breve' ataques no país

iG São Paulo |

O Ministério Público da Holanda anunciou neste sábado que 12 somalis foram detidos na cidade portuária de Roterdã, no oeste do país, sob suspeita de envolvimento em atividades terroristas.

Os homens foram presos na sexta-feira depois do alerta dos serviços de inteligência holandeses (AIVD) de que eles planejavam um ataque em breve no país. Não há informação ainda sobre qual seria o alvo da ação.

A polícia vasculhou uma loja, quatro casas e quartos de dois motéis na área de Roterdã, informou a polícia em uma declaração neste sábado. Não foram encontrados explosivos ou armas.

Os promotores disseram que os suspeitos têm entre 19 e 48 anos. Seis vivem em Roterdã, cinco não têm residência fixa e um mora na Dinamarca.

Prisão acontece cinco dias depois de o Reino Unido ter detido 12 homens em várias localidades do país suspeitos de preparar e instigar atos terroristas. Depois da operação antiterror, a maior em dois anos no Reino Unido, a ministra britânica do Interior, Theresa May, disse que o país enfrentava "uma grave e real ameaça de terrorismo".

Os homens, cinco deles de Cardiff (País de Gales), quatro de Stoke-on-Trent (Inglaterra) e três de Londres, foram detidos em suas casas ou nos arredores, sob a suspeita de conspiração, preparação e instigação de atos terroristas. Até o momento, a polícia não deu detalhes sobre as supostas atividades terroristas dos 12 detidos.

*Com AP e AFP

    Leia tudo sobre: terrorismoholandaal-qaedasomáliaeuropa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG