Holanda averiguará decisão de apoiar invasão ao Iraque

Haia, 2 fev (EFE).- O primeiro-ministro holandês, Jan Peter Balkenende, anunciou hoje uma investigação independente sobre as razões pelas quais este país deu apoio político à invasão americana ao Iraque, em 2003.

EFE |

A investigação, decidida pelo Governo após um pedido do Parlamento, ficará a cargo de uma "comissão especial" que estudará "de forma independente" a tomada de decisões da época, disse o primeiro-ministro, em entrevista coletiva.

O democrata-cristão Balkenende, que já era o chefe do Governo em 2003, disse que não tem "nada a esconder", por isso a comissão "terá acesso a toda a informação" de que precisar, para que "todas as perguntas possam ser respondidas".

Em 2003, a Holanda decidiu dar apoio "político" aos Estados Unidos para atacar o Iraque, país sobre o qual Washington garantia que tinha armas de destruição em massa.

O Parlamento holandês solicitou recentemente ao Executivo nomear uma comissão parlamentar para averiguar como foi o processo de tomada de decisões que levou a Holanda a apoiar essa invasão.

A comissão será liderada pelo ex-presidente do Tribunal Supremo Willibrord Davids e os resultados devem sair em 1º de novembro.

mr/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG