Teerã, 28 dez (EFE).- O conhecido historiador e defensor dos direitos humanos iraniano Emad Baghi, ganhador de vários prêmios internacionais, foi detido hoje em seu domicílio de Teerã, informou o site Fararu.

Segundo a fonte, efetivos da Polícia foram à casa de Baghi, historiador e jornalista conhecido por sua defesa dos direitos humanos e por ser o fundador do comitê de defesa dos presos.

Além disso, o site "Jaras" anunciou que três colaboradores do líder opositor Mir Hussein Moussavi foram detidos esta manhã, apenas 24 horas depois que novos e sangrentos enfrentamentos entre as forças de segurança e a oposição aprofundaram a crise política e social no Irã.

O mesmo site, administrado pela oposição, revelou hoje que a Polícia iraniana deteve de madrugada Ibrahim Yazdi, ex-ministro de Assuntos Exteriores iraniano e relevante figura da oposição.

Neste domingo, milhares de pessoas voltaram às ruas em um dia violento no qual morreram pelo menos oito pessoas, segundo números informados pelo Conselho Superior de Segurança Nacional à televisão estatal. EFE jm-msh/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.