Hispânicos pedem que Obama suspenda operações contra imigrantes ilegais

Miami, 6 nov (EFE).- Organizações hispânicas de Miami pediram nesta quinta-feira ao presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, a suspensão de batidas e deportações de imigrantes ilegais sem antecedentes criminais.

EFE |

A solicitação foi formulada pela Coalizão Peruano-Americana, a Fraternidade Americana e a Unidade Hondurenha, em uma carta na qual parabenizaram Obama por sua "merecida vitória" nas eleições, que o transformará no 44º presidente dos EUA.

"Pedimos que considere uma suspensão das batidas, detenções e deportações de imigrantes ilegais trabalhadores, muitos deles com filhos mais novos nascidos nos EUA, até que nosso Congresso considere aprovar a reforma para proteger nossas fronteiras e um caminho em direção à cidadania", disseram as organizações.

Além disso, sugeriram a Obama a inclusão de hispânicos em seu gabinete, como o congressista Luis Gutiérrez (de Illinois), que foi um dos principais incentivadores de uma reforma de imigração. EFE sob/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG