Hisbolá entrega à Síria 114 corpos devolvidos por Israel

Beirute, 23 jul (EFE).- O Hisbolá entregou hoje à Síria 114 corpos de combatentes que foram devolvidos ao Líbano na semana passada pelo Governo israelense, em virtude do acordo entre grupo xiita libanês e Israel para a troca de prisioneiros e mortos.

EFE |

Segundo emissoras locais, os restos mortais dos milicianos foram levados para o posto fronteiriço de Masnaa em veículos do Comitê Islâmico de Saúde, ligado ao Hisbolá.

Lá, foram entregues aos parentes, que esperavam do lado sírio da fronteira os restos mortais dos milicianos, alguns que datam da década de 1970.

No Líbano, foram realizados exames de DNA para verificar a identidade de todos os mortos, de várias nacionalidades, antes de devolverem os corpos a seus países de origem.

Os mortos libaneses começaram a ser enterrados no Líbano na semana passada, enquanto os corpos de pessoas de outras nacionalidades serão repatriados para serem sepultados em seus respectivos países.

A exceção é dos combatentes palestinos, que permanecerão em solo libanês.

Em 16 de julho, Israel entregou ao Hisbolá os cadáveres de 197 combatentes, assim como cinco prisioneiros vivos - entre eles o druso Samir Kuntar, preso em Israel desde 1979 pelo assassinato de cinco pessoas - graças a um acordo de troca entre o Estado judeu e o grupo xiita. EFE ks/wr/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG