Monterrey (México), 26 mar (EFE).- A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, que está no México em visita oficial, voltou hoje a estender a mão de seu Governo ao Irã, depois que este país confirmou sua participação na conferência de Haia sobre o Afeganistão.

"Sabemos que, a curto prazo, haverá obstáculos para os contatos, mas vamos continuar estendendo a mão", disse a chefe da diplomacia americana numa entrevista coletiva na cidade mexicana de Monterrey, onde participou de uma conferência com estudantes.

"Estamos estendendo a mão aos líderes iranianos, mas também de forma igualmente importante ao seu povo. Esse é o espírito do discurso do presidente (Barack Obama)", declarou a secretária de Estado, que termina hoje uma visita oficial de dois dias ao México.

Segundo a secretária de Estado, a mensagem de Obama "teve um efeito muito positivo e foi bem recebido por muita gente no Irã".

Na entrevista de hoje, Hillary evitou dizer o que espera da cúpula sobre o Afeganistão, que acontecerá no próximo dia 31, em Haia.

"Haverá a chance de ouvirmos os outros participantes. Obviamente, esperamos que haja uma resposta positiva de todos eles", disse.

Segundo a secretária de Estado, o Irã tem um papel a desempenhar no Afeganistão, já que faz fronteira com este país. "Esperamos que este seja construtivo", acrescentou. EFE jrp/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.