Hillary viajará a Moscou para discutir controle de armas e segurança

Moscou, 20 jan (EFE).- A nova secretária de Estado americana, Hillary Clinton, viajará em breve a Moscou para discutir o controle de armamento e outras questões de segurança, como o polêmico Sistema de Defesa Nacional contra Mísseis americano.

EFE |

"A data será decidida literalmente amanhã em Washington. O tema principal da visita será o tratado Start-1 e o escudo antimísseis", informaram hoje fontes diplomáticas americanas em Moscou à agência oficial "Itar-Tass".

A fonte expressou sua confiança em que "a nova Administração americana possa forjar uma relação produtiva e mutuamente benéfica com a Rússia em todos os terrenos".

Tanto Rússia quanto EUA consideram necessário assinar um novo acordo juridicamente vinculativo antes que o Tratado de Redução de Armas Nucleares Estratégicas (Start-1), assinado na época da União Soviética em 1991, expire em dezembro deste ano.

Ao assinar o Start-1, as duas partes se comprometeram a reduzir seu arsenal de ogivas nucleares de 10 mil para 6 mil cada um.

A Rússia considera que um novo Start-1 é mais necessário do que nunca levando em conta os planos americanos de instalar elementos de seu escudo antimísseis na Polônia e a República Tcheca, que Moscou considera uma ameaça direta para a segurança do país. EFE io/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG