Hillary vence em Kentucky e promete lutar até o final

A senadora Hillary Clinton venceu com ampla margem a primária democrata do Estado de Kentucky, realizada nesta terça-feira. Hillary obteve 65% dos votos, contra 30% de seu adversário, o senador Barack Obama.

BBC Brasil |

No Estado do Oregon, onde também são realizadas eleições primárias nesta terça-feira para escolher o candidato do Partido Democrata à Casa Branca, pesquisas indicam uma vitória de Obama.

Ao comemorar o resultado em Kentucky, Hillary prometeu lutar "até que tenhamos um candidato" e disse estar mais determinada do que nunca a assegurar que cada voto seja contado.

Superdelegados
No que pareceu um recado aos superdelegados (como são chamados líderes democratas com direito a voto na convenção do partido, em agosto) que permanecem indecisos, a pré-candidata disse que estaria "melhor posicionada para ganhar em novembro" na disputa contra o candidato do Partido Republicano, o senador John McCain.

Hillary Clinton tem repetido que a disputa não acabou, mas a campanha de Obama vem passando a mensagem de que o senador já está com a indicação do partido garantida.

Nas primárias disputadas até agora, Obama garantiu o apoio de mais delegados do que Hillary. São esses delegados que vão escolher o candidato democrata à Presidência na convenção do partido.

No entanto, Obama não tem ainda os 2.026 delegados necessários para já garantir a nomeação do partido.

Segundo analistas, se o senador assegurar a maioria dos delegados, poderá convencer os superdelegados que ainda estão indecisos a apoiar sua candidatura.

Até agora, a maior parte dos superdelegados tem dito que pretende votar em Obama.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG