Hillary reitera imparcialidade dos EUA em eleições afegãs

Washington, 17 ago (EFE).- A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, reiterou hoje a imparcialidade dos Estados Unidos perante as eleições presidenciais e provinciais que acontecerão na quinta-feira no Afeganistão, e assegurou que trabalhará com as autoridades eleitas.

EFE |

"Os Estados Unidos se mantêm imparciais nestas eleições. Não apoiamos nem nos opomos a nenhum candidato em particular", afirmou a chefe da diplomacia americana em comunicado, que coincide com o último dia da campanha eleitoral afegã.

O Governo do presidente Barack Obama, da mesma forma que os afegãos, disse, quer ver eleições "críveis, seguras e com ampla participação que todos julguem como legítimas".

Ela expressou sua esperança de que o Afeganistão faça "todos os esforços possíveis para que o pleito se desenvolva em um ambiente seguro e sem fraude, e que resolva qualquer denúncia de maneira justa e rápida".

Hillary lembrou que depois das eleições demorarão vários dias para que resultados preliminares sejam divulgados.

"Esperamos que as informações iniciais não gerem especulações até que os resultados sejam anunciados", um processo que demorará várias semanas, reiterou.

"Pedimos aos candidatos e a seus eleitores para que se comportem de maneira responsável antes e depois das eleições", afirmou.

Segundo a chefe da diplomacia americana, os Estados Unidos "trabalharão com aqueles que os afegãos elegerem como seus líderes para os próximos cinco anos".

"Confiamos em que o próximo presidente, da mesma forma que os membros dos conselhos provinciais que também forem escolhidos nesta ocasião, trabalhará em favor dos interesses de todos os afegãos", afirmou a secretária de Estado americana.

Hillary se mostrou consciente de que o pleito não acontecerá "sem desafios", mas elogiou os afegãos pela "coragem" de terem organizado estas eleições, apesar da guerra que vive esse país há quase nove anos. EFE cae/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG