A Secretária de Estado Hillary Clinton dirigiu-se nesta seguda-feira ao Japão e à Coreia do Sul para defender uma frente forte e unida em relação à ameaça representada pela Coreia do Norte, informou seu porta-voz, Ian Kelly.

A Coreia do Norte realizou um teste nuclear que, segundo Tóquio, pode ter sido até quatro vezes superior ao feito em 2006, provocando o repúdio internacional e a convocação de uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU, em Nova York.

lc/mac/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.