Hillary ganhará menos que Rice como secretária de Estado

WASHINGTON - Hillary Clinton ganhará menos como secretária da Estado que Condoleezza Rice, atual chefe da diplomacia americana, caso o Senado confirme sua nomeação.

EFE |

Rice, que deixará o cargo junto com o resto do atual Governo no próximo dia 20 de janeiro, ganha na atualidade US$ 191.300, e Hillary, hoje senadora, vai faturar US$ 186.600.

Isso se deve a uma cláusula na Constituição do país, que prevê que nenhum legislador pode ser nomeado a um posto no governo que tenha tido um aumento de salário durante seu mandato.

A razão da medida se deve ao fato de que o Congresso aprova altas de salário no governo.

Na noite passada, o Congresso aprovou uma medida que diz que o salário do secretário de Estado volta ao nível que tinha quando Hillary começou seu segundo mandato como senadora por Nova York, em janeiro de 2007.

Porém, embora Hillary vá ganhar menos que sua antecessora, ela pode se consolar pensando que, apesar de tudo, seu salário subirá. Na atualidade, como senadora, ela recebe um salário anual de US$ 169.300.

    Leia tudo sobre: hillary clinton

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG