Hillary e Obama dividem vitórias em primárias

O senador Barack Obama foi o vencedor da primária democrata do Estado da Carolina do Norte, nesta terça-feira. Em Indiana, que também realizou prévia nesta terça, sua rival, a senadora Hillary Clinton, já comemorou a vitória, baseada na apuração quase total dos votos, que dão a ela uma margem apertada.

BBC Brasil |

Os resultados confirmaram a expectativa da maior parte dos analistas, de que os dois pré-candidatos democratas à Casa Branca dividiriam as prévias.

Um total de 72 delegados estavam em jogo em Indiana e 115 na Carolina do Norte e ainda não está claro como se dará a divisão de delegados entre Hillary e Obama nos dois Estados.

O resultado faz com que a indefinição perdure na disputa democrata, sem que haja um provável desfecho até o dia 3 de junho, data das primárias de Montana e Dakota do Sul.

"Longa disputa"
Em seu discurso de vitória, na cidade de Ralleigh, na Carolina do Norte, Barack Obama saudou ''a aparente vitória'' de Hillary em Indiana.

O êxito da senadora no Estado se deu, em grande parte, por seu apoio junto aos eleitores brancos, da classe trabalhadora e de nível médio de escolaridade, um grupo eleitoral que tem prestigiado sua candidatura em diferentes Estados.

Obama afirmou que ''esta tem sido um das mais longas disputas da história'', acrescentando, em seguida, ''que isso é em parte porque temos uma formidável opontente na senadora Hillary Clinton''.

Obama conciliou os elogios com críticas à senadora e seu estilo de fazer campanha, recorrendo a anúncios negativos e ataques contra o rival.

''A questão não é que tipo de campanha eles (os republicanos) irão fazer, é que tipo de campanha nós iremos fazer... Eu não entrei nesta corrida para evitar esse tipo de política, mas estou concorrendo porque é hora de encerrá-la'', disse Obama.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG