Hillary diz que situação no Iêmen ameaça estabilidade mundial

WASHINGTON (Reuters) - A secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, disse nesta segunda-feira que a situação no Iêmen era uma ameaça às estabilidades regional e mundial. Nós vemos implicações globais na guerra no Iêmen e nos esforços contínuos da Al Qaeda no Iêmen para usar o país como uma base de ataques terroristas bem além da região, disse Hillary depois de uma reunião com o premiê do Catar.

Reuters |

Hillary disse que a decisão de reabrir a embaixada dos EUA no Iêmen --fechada por dois dias devido ao que descreveu como ameaças da Al Qaeda-- seria tomada "assim que a situação permitir".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG