madura e vão resolver tensões - Mundo - iG" /

Hillary diz que EUA e China têm relação madura e vão resolver tensões

Washington - A secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, disse hoje que as tensões recentes de seu país com a China, surgidas após a decisão de Washington de vender armas a Taiwan e um plano do presidente Barack Obama de reunir-se com o Dalai Lama, são pequenas e serão resolvidas.

EFE |

Em declarações na base Travis da Força Aérea dos EUA, na Califórnia, antes de uma viagem pela Oceania, Hillary disse que a relação os países é suficientemente "madura" para resolver diferenças de opinião.

Acrescentou que a relação "não sai dos trilhos quando ocorrem essas divergências".

A chefe da diplomacia americana assinalou que, além disso, a emergência da China na Ásia fez com que a participação dos Estados Unidos nesse continente seja ainda mais importante.

A China criticou a decisão americana anunciada na semana passada de vender mísseis e baterias antimísseis a Taiwan por um valor de até US$ 1 bilhão. O governo chinês considera que Taiwan é uma província, e que faz parte de seu território.

Hillary também admitiu que é provável que a controvérsia com a China fique mais intensa quando o presidente se reunir com o Dalai Lama, provavelmente esta semana. "Temos uma diferença de perspectiva sobre o papel e as ambições do Dalai Lama, e falamos sobre isso publicamente", disse.

Em 2009, a secretária de Estado postergou um encontro com o líder espiritual tibetano até que fosse realizada uma cúpula com o presidente da China, Hu Jintao, e indicou que embora os EUA reconheçam a soberania da China sobre o Tibete, apóiam "seu legítimo desejo de respeito cultural, religioso e autonomia".

Em sua viagem de nove dias, Clinton visitará Papua Nova Guiné, Nova Zelândia e Austrália.

Leia mais sobre: EUA - China

    Leia tudo sobre: chinaeua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG