eliminaria Irã em caso de ataque a Israel - Mundo - iG" /

Hillary diz que eliminaria Irã em caso de ataque a Israel

A senadora democrata Hillary Clinton ameaçou nesta terça-feira eliminar o Irã, caso o país lance um ataque contra Israel. A pré-candidata fez a ameaça no dia em que os moradores da Pensilvânia vão às urnas na prévia eleitoral democrata do Estado.

BBC Brasil |

As pesquisas indicam que a senadora tem uma ligeira vantagem sobre o rival, Barack Obama, mas que a diferença entre os dois sofreu significativa redução nas últimas semanas.

Em entrevista à rede de televisão ABC, Hillary afirmou que os Estados Unidos usarão força contra o país diante de uma ameaça a Israel.

"Quero que os iranianos saibam que, se eu for presidente, vamos atacar o Irã", afirmou, quando indagada sobre como reagiria a um ataque de Teerã contra os israelenses.

"Seríamos capazes de completamente aniquilá-los, nos próximos dez anos, caso eles sejam tolos o suficiente em lançar um ataque contra Israel", acrescentou.

Alto preço

Em um evento de campanha nesta terça-feira, na cidade de Conshohocken, próxima à Filadélfia, a senadora voltou a tratar do tema e disse ser preciso que o Irã reconheça "o alto preço" de lançar um ataque nuclear contra aliados americanos.

De acordo com Hillary, se isso ocorrer, "eles teriam de enfrentar as conseqüências".

Barack Obama disse que "usar palavras como 'eliminar' não produz bons resultados" e acrescentou que os comentários da pré-candidata foram um exibicionismo de poder militar intimidatório que ele não endossa.

Obama se limitou a dizer que responderia "com força" a um ataque iraniano lançado contra os Estados Unidos ou qualquer aliado americano.

A ameaça ao Irã feita por Hillary se encaixa em sua política de se mostrar mais experiente e determinada do que o rival em temas emergenciais de política internacional.

Comerciais

Pouco antes da primária do Texas e de Ohio, no início de março, a senadora divulgou um comercial que indagava quem seria mais capaz de responder prontamente se um telefone tocasse na Casa Branca, às 3h da manhã, informando sobre algum incidente grave no cenário internacional.

A campanha da senadora repetiu o tom na Pensilvânia, encerrando sua campanha no Estado com um anúncio em que mostra eventos históricos como o ataque a Pearl Harbour e a queda do Muro de Berlim e clipes com vítimas do furacão Katrina e uma imagem de Osama Bin Laden.

O comercial conclui com a frase: "Você precisa estar preparado para tudo".

Bill Burton, um dos estrategistas da campanha de Obama, afirmou que a candidata está se valendo do mesmo tipo de "política do medo" utilizada por George W. Bush.

Saiba mais sobre eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: hillary

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG