Madri, 26 jan (EFE).- A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, disse hoje que a insegurança alimentar e os altos preços representam uma ameaça à prosperidade e à segurança nos países em vias de desenvolvimento e ressaltou que aliviar a fome no mundo é uma prioridade do presidente Barack Obama.

Hillary discursou hoje, através de um vídeo gravado na reunião de alto escalão da ONU sobre Segurança Alimentar para Todos, que começou hoje e vai até amanhã em Madri e do qual participam 95 países, junto com organismos internacionais e representantes da sociedade civil.

Em seu discurso, a secretária de Estado desculpou-se por não assistir a este encontro, mas explicou que enviou uma "forte equipe" de funcionários do Governo americano que a manterão informada de seus resultados e conclusões.

"Prometemos aos cidadãos dos países pobres trabalhar lado a lado para alimentar os corpos e as mentes famintas", disse, lembrando a afirmação de Obama no primeiro dia de seu mandato.

"Nós nos comprometemos a criar um novo compromisso entre os países doadores, os estados, as ONGs, o setor privado e os demais para coordenar da melhor forma as políticas e alcançar assim as metas do desenvolvimento do milênio estipuladas em 2000", acrescentou. EFE bal/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.