Hillary condena onda de atentados no Iraque

Washington, 17 ago (EFE).- A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, condenou hoje a onda de atentados das últimas semanas em diferentes pontos do Iraque, especialmente aqueles contra centros religiosos xiitas e pessoas das etnias yazidi e shabak.

EFE |

"Os Estados Unidos se unem aos líderes de todas as comunidades iraquianas para condenar os atentados que ocorreram ao longo das últimas semanas em vários lugares do Iraque", afirmou a chefe da diplomacia americana em comunicado.

Hillary se referiu "em particular a aqueles atentados que, em repetidas ocasiões, têm como alvo locais religiosos xiitas e, mais recentemente, os povoados das etnias shabak e yazidi na província de Ninawa".

De acordo com a secretária de Estado dos EUA, estes atentados são "atos censuráveis de extremistas que continuam tentando provocar violência entre pessoas que desejam viver em paz, apesar de pertencer a diferentes grupos étnicos e sectários".

Ainda segundo Hillary, o Governo do Iraque deve advertir os responsáveis por estes atos "espantosos" que serão perseguidos e levados à Justiça iraquiana.

Desde que as tropas dos EUA se retiraram das áreas urbanas do Iraque, no final de junho, mais de 200 iraquianos morreram em diversos atentados. EFE cae/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG