WASHINGTON (Reuters) - A secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, vai visitar o Chile esta semana como parte de um giro pela América Latina, apesar do grande terremoto que atingiu o país no sábado. Vamos para o Chile conforme o planejado, mas talvez poderemos modificar o que faremos por lá, afirmou uma importante autoridade dos EUA, neste domingo.

Hillary vai viajar do Uruguai ao Chile na noite de segunda-feira e participar de reuniões em Santiago com a presidente Michelle Bachelet e o presidente-eleito, Sebastian Piñera.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.