Hillary Clinton pede eleições presidenciais livres em Angola

A secretária de Estado americana Hillary Clinton pressionou Angola neste domingo a realizar eleições presidenciais livres e resolver os problemas passados quanto à questão de abusos dos direitos humanos.

AFP |

Clinton fez estas declarações em sua chegada a Angola, terceira etapa de seu giro africano de onze dias, e ao encontrar o presidente José Eduardo dos Santos, que completa 30 anos no poder no próximo mês.

A chefe da diplomacia americana também fez questão de elogiar as eleições legislativas pacíficas e transparentes realizadas em Angola em 2008, as primeiras depois de 16 anos.

Clinton está em Angola para fortalecer os laços com essa economia emergente, que demonstrou vigoroso crescimento desde o final da devastadora guerra civil de 27 anos, em 2002, e agora rivaliza com a Nigéria como o principal produtor de petróleo da África.

Na segunda, Clinton visita a República Democrática do Congo.

As últimas etapas da viagem são Nigéria, Libéria e Cabo Verde).

sct-jg/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG