Hillary Clinton espera ver uma mulher como presidente dos EUA

WASHINGTON (Reuters) - Aspirante fracassada à presidência norte-americana, Hillary Clinton disse neste domingo esperar ver uma mulher presidente dos Estados Unidos, mas descartou a possibilidade de se candidatar novamente. Atual secretária de Estado do seu antigo rival, o presidente Barack Obama, Hillary disse ser um desafio intimidador para uma mulher a corrida presidencial.

Reuters |

"A mulher certa precisará assumir a tarefa para conquistar os votos e ser eleita. Certamente espero que eu possa ver isso acontecer", afirmou em entrevista ao programa "Meet the Press", da rede de televisão NBC.

Quando perguntada se concorreria novamente ao cargo, Hillary disse: "Não tenho absolutamente nenhuma crença de que isso poderá acontecer."

Hillary se recusou a comentar as perspectivas presidenciais da governadora do Alasca, Sarah Palin, que foi candidata à vice na chapa republicana liderada pelo senador John McCain, na eleição do ano passado.

Perguntada se acredita que Palin teria os atributos certos para ser presidente, Hillary respondeu: "Isto quem decide são os eleitores". Ela acrescentou que organizar uma campanha eleitoral foi um risco perigoso.

"Vou deixar isso por aqui", disse. "Realmente quero ver uma mulher eleita. Espero que seja uma mulher democrata e que represente o tipo de abordagem que eu apoie."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG