Hillary Clinton: eleição de mulheres no Kuwait é um grande passo

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, considerou nesta segunda-feira a eleição de mulheres para o parlamento do Kuwait um grande passo para o país, para a região e o mundo.

AFP |

"A eleição de quatro mulheres sábado é um grande avanço para o Kuwait, a região e eu diria até para o mundo", declarou a chefe da diplomacia americana, durante cerimônia de diplomação em Barnard College, uma universidade de mulheres de Nova York.

"Isto não acontece facilmente ou rapidamente", declarou Hillary Clinton. "Nos anos 90, incentivei as suficientemente corajosas a se levantar e dizer "as mulheres são capazes de trabalhar (a serviço dos cidadãos)". "Foi uma longa batalha", acrescentou.

Ela declarou, no entanto, em seu discurso que, apesar dos progressos realizados no Kuwait, "a marginalização das mulheres e das meninas ainda é uma realidade". Disse que o mundo tem agora melhores ferramentas de comunicação, que vão do rádio à internet, para combater esse problema.

Quatro mulheres foram eleitas para o Parlamento do Kuwait pela primeira vez na história deste rico emirado do Golfo nas eleições legislativas de sábado.

As liberais Masuma Al Mubarak, Aseel Al Auadhi e Rula Dashti, assim como a independente Salua Al Jassar entrarão para a nova Câmara. Elas estudaram nos Estados Unidos e têm doutorados em ciências políticas, economia e educação.

No total, 16 mulheres participaram entre os 210 candidatos dessa disputa.

Esta é a terceira vez que as mulheres participam das eleições para o Parlamento desde que obtiveram o direito de voto e à representação em 2005. Nas últimas eleições, de 2006 e 2008, nenhuma foi eleita.

lc/lm/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG