A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, considerou neste domingo inútil o esforço do Irã para obter a bomba nuclear, reiterando que os Estados Unidos não deixarão Teerã intimidar seus vizinhos, em particular Isreal.

"Seus esforços são inúteis", declarou Hillary durante uma entrevista concedida à rede de televisão NBC.

"Queremos enviar aos que tomam as decisões no Irã a mensagem de que não os deixaremos desenvolver a arma atômica para intimidar e projetar sua potência", declarou a secretária de Estado americana.

Hillary também se voltou contra a Coreia do Norte, afirmando que o país "não tem amigos", estimando que mesmo os aliados tradicionais de Pyongyang rejeitavam o regime stalinista após seu segundo teste nuclear.

"Não têm mais amigos", insistiu Clinton destacando que a China e a Birmânia se associaram aos esforços internacionais voltados para obrigar os norte-coreanos a pôr um ponto final em seus programas nucleares e de mísseis.

"Estão isolados atualmente", acrescentou a chefe da diplomacia americana, dizendo ter constatado isso ela própria na semana passada, por ocasião da reunião ministerial da Associação de Nações do Sudeste da Ásia (Asean), na Tailândia.

bar/yw/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.