A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, chegou nesta terça-feira ao Quênia, terra do pai do presidente Barack Obama, onde nesta quarta iniciará seu primeiro giro africano para reforçar os laços com o continente e a estabilização da Somália.

Esta viagem de 11 dias, a mais longa desde que assumiu a chefia da diplomacia dos Estados Unidos, visa a demonstrar o envolvimento americnao no continente negro.

O objetivo dessa visita será estreitar os vínculos com três potências em particular: Quênia, Nigéria e África do Sul, assim como dar o apoio de Washington a três países marcados por recentes conflitos: Angola, República Democrática do Congo (RDC, ex-Zaire) e Libéria. Sua viagem terminará em Cabo Verde.

Nesta quarta, Hillary falará em Nairóbi ante um foro que El miércoles por la mañana, Clinton hablará en Nairobi ante o Foro de Cooperação de Comércio e Economia Estados Unidos-África Subsaariana, que reunirá 40 países africanos que mantêm relações comerciais preferenciais com os Estados Unidos.

sct-jmm/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.