Hillary anuncia medidas para combate a piratas somalis

Washington, 15 abr (EFE).- A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, anunciou hoje algumas medidas imediatas para combater a pirataria no Chifre da África.

EFE |

A primeira das medidas tomadas pelo Governo dos Estados Unidos será o envio de um representante especial a uma conferência em Bruxelas, que tratará dos problemas na Somália.

O representante trabalhará ao lado de parceiros dos americanos para fazer com que o país africano contribua com os esforços internacionais para eliminar as bases de piratas em seu território.

Além disso, os EUA vão liderar uma reunião para "desenvolver e ampliar uma resposta internacional" à pirataria.

"A área afetada tem quatro vezes o tamanho do estado do Texas.

Portanto, temos que trabalhar juntos para acabar com os piratas", disse.

Hillary também informou que uma equipe de diplomatas trabalhará com o Governo de transição somali e líderes locais para buscar uma solução.

"Vamos pressionar estes líderes para que atuem contra as piratas que operam em bases localizadas em seus territórios", explicou.

Os EUA também anunciaram que vão trabalhar em conjunto com as seguradoras e as empresas que possuem navios.

"Os piratas são criminosos. São grupos armados no mar. E aqueles que cometem ataques têm que ser detidos e responder perante a Justiça", disse. EFE cai/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG