Hillary anuncia envio de diplomatas para diálogo com Síria

Em sua primeira visita ao Oriente Médio, a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, anunciou nesta terça-feira que os Estados Unidos vão enviar em breve dois diplomatas à Síria. Hillary fez o anúncio durante viagem a Jerusalém.

BBC Brasil |

A medida é considerada a mais concreta indicação até hoje de que o governo do presidente Barack Obama deseja melhorar as relações dos Estados Unidos com o regime sírio.

"Enviaremos dois oficiais à Síria para conversas preliminares", afirmou a secretária de Estado americana. "Existem vários assuntos ligando a Síria aos Estados Unidos, além das preocupações regionais que envolvem o país."

"É impossível prever qual será o futuro de nosso relacionamento com a Síria", acrescentou Hillary. Durante o governo do ex-presidente George W. Bush, a relação entre os Estados Unidos e a Síria foi marcada por uma troca de acusações.

O governo de Bush acusava tanto a Síria como o Irã de contribuir para a desestabilização do Oriente Médio, apoiando grupos militantes no Líbano, no Iraque e nos territórios palestinos, e se negava a dialogar com os dois países.

Falando ao lado da ministra das Relações Exteriores israelense, Tzipi Livni, Hillary Clinton disse que a intenção já declarada de Obama de dialogar com os governos sírio e iraniano não deve ser confundida com fraqueza.

"Quando falamos de engajamento com o Irã, não pensem que nossas metas mudaram: (vamos) impedir que o Irã adquira armas atômicas e continue a financiar o terrorismo", disse a secretária de Estado americana. "O que quer que façamos, faremos após consultar Israel."
Na mesma entrevista coletiva à imprensa em Jerusalém, Clinton reiterou o apoio americano à segurança israelense.

Em tese, Israel e Síria ainda estão em guerra, após a anexação das Colinas do Golã, que pertenciam à Síria, durante o conflito de 1967. Mas, até o ano passado, os dois países estavam negociando indiretamente - com intermédio da Turquia - um possível acordo de paz.

Leia mais sobre Síria

    Leia tudo sobre: síria

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG