A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, afirmou que o Paquistão foi advertido de que se uma ação terrorista como a evitada em Nova York na semana passada tiver sucesso e a origem for o país, "acontecerão consequências muito severas".

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, afirmou que o Paquistão foi advertido de que se uma ação terrorista como a evitada em Nova York na semana passada tiver sucesso e a origem for o país, "acontecerão consequências muito severas".

Hillary Clinton afirmou que o Paquistão aumentou a cooperção na guerra contra o terrorismo, mas acrescentou que Washington espera mais.

"Deixamos claro que se - Deus não permita - um ataque tiver sucesso e a origem for o Paquistão, acontecerão consequências muito severas", disse Clinton ao programa 60 Minutes, do canal CBS, segundo trechos divulgados pela emissora.

A entrevista completa será exibida no domingo.

Faisal Shahzad, uma paquistanês naturalizado americano, foi acusado pela tentativa de detonar um carro-bomba estacionado em Times Square, centro de Nova York, no dia 1º de maio.

mk/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.