Hezbollah reconhece sua derrota e apela para a cooperação

Beirute - O grupo xiita Hezbollah reconheceu hoje sua derrota no pleito parlamentar libanês realizado e pediu a seus rivais, as Forças pró-ocidentais do 14 de Março, a cooperação.

EFE |

  • Nahum Sirotsky: Hezbollah diz que perdeu eleições
  • Entenda a escolha do Parlamento no Líbano
  • Coalizão governista declara vitória no Líbano
  • Líbano: maioria pró-Ocidente acredita em vitória eleitoral
  • "As Forças do 14 de Março, apoiadas pelo Ocidente preservam sua maioria, enquanto a oposição continua sendo uma oposição", afirma hoje a site da televisão "Al-Manar", porta-voz do Hezbollah.

    As declarações do grupo foram feitas depois que as forças do 14 de Março, que continuarão sendo maioria no Parlamento se forem confirmados estes resultados, anunciaram sua vitória e quando ainda não se confirmaram os resultados oficiais.

    Segundo "Al-Manar", que cita os números oferecidas pela coalizão 14 de Março, este grupo seguirá sendo maioria com 70 cadeiras frente aos 58 que conseguiria a coalizão liderada pelo grupo xiita.

    O site cita o periódico "An-Nahar" que ressalta que o patriarca cristão maronita Nasrallah Sfeir foi o "padrinho" da vitória do 14 de Março.

      Leia tudo sobre: hezbollah

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG