Hezbollah: discurso de Obama não traz mudança real de política para mundo árabe

O discurso do presidente americano, Barack Obama, nesta quinta-feira no Cairo não aponta nenhuma mudança real na política dos Estados Unidos para o mundo muçulmano, afirmou o grupo radical xiita libanês Hezbollah.

AFP |

"O que temos ouvido é um discurso que não revela nenhuma mudança real na postura da política americana na região", indicou à AFP Hassan Fadlallah, deputado do Hezbollah.

"O mundo islâmico e árabe não precisa de lições, e sim de atos reais, começando por uma mudança radical em relação à causa palestina", acrescentou.

"O problema dos árabes e dos muçulmanos está no apoio de Washington à agressão israelense na região, principalmente do povo do Líbano e da Palestina", destacou Fadlallah.

O representante do grupo radical disse ainda que o discurso de Obama se resume a palavras vazias que não se traduziriam em ações concretas.

"Não vemos nenhuma mudança real fora da linguagem do discurso, porque a violência na região é praticada primeiro e sobretudo por Israel e pelos exércitos americanos de ocupação, e não só pelos que resistem", afirmou.

ny-jz/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG