Hezbollah afirma estar pronto para enfrentar Israel

O número dois do movimento xiita Hezbollah, xeque Naim Kassen, afirmou que sua organização está pronta para um novo conflito com Israel, mas estimou que aos israelenses não é conveniente uma nova guerra no Líbano.

AFP |

Em entrevista ao jornal francês Le Figaro, publicada nesta sexta-feira, o dirigente do grupo desmentiu o envolvimento do Hezbollah nos recentes disparos de foguetes do território libanês contra Israel, afirmando que "as circunstâncias atuais não justificam isto".

Israel bombardeou com sua artilharia em 21 de fevereiro passado a região de Qlailé, no sul do Líbano, em represália aos disparos de foguetes contra o Estado hebreu a partir do território libanês, reavivando as tensões na região.

"Prometemos uma resposta" à morte de Imad Moghniyé, um dos chefes do Hezbollah, assassinado em Damasco em 2008. "É nosso direito, mas não é do interesse de Israel declarar uma nova guerra".


Leia mais sobre Hezbollah

    Leia tudo sobre: hezbollah

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG