Hewlett-Packard comprará EDS por US$ 13,9 bilhões

Nova York, 13 mai (EFE) - A companhia Hewlett-Packard (HP) anunciou hoje que chegou a um acordo definitivo para adquirir por US$ 13,9 bilhões a empresa de serviços informáticos Electronic Data Systems (EDS), com o objetivo de concorrer com sua rival, a IBM.

EFE |

A Hewlett-Packard pagará US$ 25 por ação para adquirir a EDS, uma das maiores companhias mundiais de serviços de tecnologia e informática.

Isto representa uma valorização de 33% em relação ao preço de fechamento das ações da Electronic Data Systems de 9 de maio, antes de ambas as companhias confirmarem que estavam em negociações.

A aquisição da EDS tornará mais competitiva a HP no terreno dos serviços de tecnologia e informática frente à IBM, segundo a imprensa especializada americana.

Esta é a maior compra realizada pela HP desde que adquiriu, em 2002, a empresa Compaq, fabricante de computadores pessoais, por US$ 20 bilhões.

A Hewlett Packard e a EDS, que acreditam que a operação esteja concluída no segundo semestre do ano, indicaram que os termos do acordo foram aprovados por unanimidade pelos conselhos de administração de ambas as companhias.

A HP, com sede em Palo Alto (Califórnia), assinalou que quer criar um novo grupo de negócio, que se chamará EDS e continuará tendo sua sede em Plano (Texas).

À frente da EDS continuará o atual presidente e executivo-chefe da companhia, Ronald Rittenmeyer, que começará a fazer parte do conselho executivo da HP e que dependerá do presidente e executivo-chefe da Hewlett-Packard, Mark Hurd.

Rittenmeyer considerou que é "de uma grande transação" para seus acionistas, "fornecendo um tremendo valor em forma de uma valorização significativa para o preço" de sua ação.

Em conjunto, as duas companhias tiveram em 2007 faturamento anual de mais de US$ 38 bilhões, um elenco de 210 mil trabalhadores e realizaram negócios em mais de 80 países. EFE bj/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG