Helicóptero não consegue jogar água no reator de Fukushima

Alto nível de radiação impediu a aproximação da aeronave

AFP |

AFP / NHK
Imagem da rede de TV japonesa NHK mostra helicóptero militar em voo
A forte radioatividade na central nuclear japonesa de Fukushima impediu nesta quarta-feira a aproximação de um helicóptero que tinha a missão de jogar água sobre o reator 4 para resfriar o combustível que ameaça entrar em fusão, informou o canal de televisão NHK.

Uma fonte do ministério da Defesa informou que a ordem para a missão com o helicóptero, um CH-47 Chinook, foi recebida às 16h (4h de Brasília). Outros helicópteros também estavam preparados para participar nas operações na central, que está sofrendo uma combinação de acidentes nos reatores, informou o site do jornal Yomiuri Shimbun.

A companhia elétrica japonesa Tepco anunciou na terça-feira que estudava esta solução ante a impossibilidade de utilizar os mecanismos habituais para resfriar os reatores, que foram avariados após o terremoto e tsunami que sacudiu o nordeste do país. No momento não é possível ter acesso aos reatores em consequência dos altos níveis de radioatividade.

    Leia tudo sobre: Japãoterremototsunamienergianuclearmilitar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG