Kuala Lumpur, 14 jan (EFE).- Um helicóptero militar russo frustrou hoje a tentativa de seqüestro de uma embarcação mercante holandesa por piratas somalis no Golfo de Áden, disseram fontes do Escritório de Informação sobre a Pirataria, com sede em Kuala Lumpur.

O ataque foi realizado por pelo menos seis piratas armados com fuzis e lança-granadas, que fizeram vários disparos durante a cerca meia hora na qual, de uma embarcação rápida, perseguiram o navio holndês, disse Noel Chong, porta-voz do centro com sede na capital da Malásia.

Os piratas abandonaram seu objetivo ao avistar o helicóptero procedente do navio da Marinha russa integrado na frota internacional que presta proteção contra a pirataria aos navios comerciais que navegam pelas águas do Golfo de Áden.

Os navios da frota internacional evitaram vários seqüestros desde que, em dezembro do ano passado, a União Européia aprovou a missão "Atalanta" para dissuadir, prevenir e reprimir a pirataria em águas próximas à Somália.

A essa frota internacional, uniram-se depois navios de guerra dos Estados Unidos, China e outros países.

Segundo o centro, dois navios foram seqüestrados desde o início do ano, de um total de 11 ataques.

Em 2008, 111 navios foram atacados e 42 foram seqüestrados por grupos de piratas nas águas do Golfo de Áden. EFE lol/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.