Mesmo em combate contra talibãs, organização não confirma se aeronave foi derrubada por insurgentes

Um helicóptero da missão da Otan no Afeganistão (Isaf, na sigla em inglês) caiu neste sábado no leste do país no transcurso de uma operação contra os talibãs, embora a organização não tenha esclarecido se a aeronave foi derrubada pelos insurgentes.

O fato ocorreu por volta da meia-noite deste sábado no distrito de Saydabad, situado na província central afegã de Wardak, disse à Agência Efe o porta-voz do governador provincial, Shahidulá Shahid.

Segundo Shahid, que disse desconhecer a causa da queda da aeronave, as tropas afegãs e da Isaf participavam de uma operação que abateu oito talibãs.

"Pode ser que haja baixas entre os tripulantes e passageiros do helicóptero, mas não posso estabelecer um balanço neste momento", disse o porta-voz à Efe.

Em comunicado, a missão da Otan disse estar realizando tarefas de recuperação do helicóptero e analisando as "causas do fato". "Nossa informação indica que havia atividade do inimigo na zona", precisou a organização militar em sua breve nota, na qual não fez referência a possíveis baixas.

Um porta-voz talibã, Zabiulá Mujahid, declarou à agência afegã "AIP" que o helicóptero foi derrubado por suas milícias com um projétil, e que pelo menos 38 soldados estrangeiros estavam a bordo, embora os insurgentes costumem exagerar o alcance real de suas ações.

* Com EFE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.