Helicóptero da Otan aterrissa de emergência ao ser atacado com lança-granadas

Cabul, 18 mai (EFE).- Um helicóptero da Otan que transportava um governador afegão teve que realizar uma aterrissagem de emergência após sofrer um ataque com lança-granadas no sul do Afeganistão, informou hoje à Agência Efe o próprio governador.

EFE |

O fato aconteceu ontem, quando o helicóptero se dirigia a uma mesquita da cidade de Moussa Qala, no conflituoso distrito de Helmand (sul), segundo o governador Ghulab Mangal, que viajava no aparelho.

"Certamente eu era o objetivo do ataque, mas os inimigos do Afeganistão falharam", disse Mangal.

As autoridades usam a expressão "inimigos do Afeganistão" para referir-se aos insurgentes talibãs, com uma ativa presença na província de Helmand.

O helicóptero foi atacado de terra com uma lança-granadas e teve que fazer uma aterrissagem de emergência, embora não houvesse feridos.

Mangal, junto com vários funcionários e militares britânicos, retornou em outro helicóptero à capital da região, Lashkargah. EFE lo-daa/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG