Hamas se recusa a liberta Shalit em troca de uma trégua em Gaza

O movimento radical Hamas descartou nesta terça-feira a possibilidade de liberar o soldado israelense Gilad Shalit, seqüestrado em 2006 na Faixa de Gaza, em um eventual acordo de trégua como exige Israel.

AFP |

"Quem pensa que o tema Shalit será solucionado sem contrapartida se equivoca totalmente (...) Uma troca de prisioneiros está totalmente separada da trégua", afirmou o mais influente líder do Hamas na Faixa de Gaza, Mahmud Zahar, por ocasião da "nakba" (catástrofe), que para os palestinos representa a criação do Estado de Israel.

Na segunda-feira, o primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, vinculou uma eventual trégua a avanços na negociação para obter a liberdade de Gilad Shalit.

az-mel/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG