Hamas saúda reunião de seu líder exilado com deputados europeus em Damasco

O movimento islamita palestino Hamas saudou neste domingo uma reunião em Damasco entre uma delegação de 15 deputados britânicos, irlandeses, escoceses, gregos e italianos e seu chefe no exílio, Jaled Mechaal.

AFP |

"Esta visita é um passo na direção correta", afirmou Hamas, organização considerada terrorista peça União Europeia (UE) e pelos Estados Unidos, ao indicar em seu site que a reunião aconteceu sábado nos escritórios de Mechaal na capital síria.

Segundo a imprensa síria, este foi o primeiro encontro público entre dirigentes do Hamas e deputados de países europeus.

Durante a reunião, os parlamentares pediram "aos países europeus que abram rapidamente um diálogo com o Hamas, um movimento eleito democraticamente", segundo o site do Hamas.

Segundo o jornal sírio Baas (oficialista), a deputada britânica trabalhista e ex-ministra Clare Short, que lidera a delegação, disse que é "possível alcançar a paz e a estabilidade sem discutir com o conjunto das facções palestinas e que esta visita quer destacar a importância das conversas com o Hamas, pos foi eleito democraticamente pelo povo palestino".

A delegação europeia se reuniu sábado em Damasco com Ahmad Jibril, secretário do Frente Popular de Libertação da Palestina-Comando Geral (FPLP-CG), um movimento radical com sede na capital síria.

Em dezembro de 2008, o ex-presidente americano Jimmy Carter, em visita a Damasco, se reuniu com Mechaal para discutir o bloqueio israelense na Faixa de Gaza.

rm/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG