Hamas saúda Erdogan, o conquistador de Constantinopla

Um chefe do Hamas, Khalil al-Hayya, elogiou nesta sexta-feira durante uma manifestação em Gaza o primeiro-ministro da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, por sua atitude durante um debate com o presidente israelense Shimon Peres em Davos, comparando o dirigente turco ao conquistador otomano de Constantinopla.

AFP |

"O povo palestino, a resistência e o Hamas saúdam você, Erdogan. Estamos com você e ao lado da Turquia, em Gaza a vitoriosa", declarou Hayya, diante de centenas de pessoas reunidas na sede do Parlamento palestino em Gaza, destruída por um bombardeio israelense.

Erdogan "disse a verdade e fez triunfar a justiça, a liberdade e o povo palestino", acrescentou o líder do Hamas, em sua primeira aparição pública desde o fim da ofensiva israelense na Faixa de Gaza.

"Você nos lembra a posição gloriosa de seus ancestrais otomanos", afirmou, citando o sultão Mehmet II, mais conhecido como "o conquistador", que venceu Constantinopla em 1453.

"Que os dirigentes muçulmanos escutem como a História faz heróis e como os homens escrevem a História", clamou.

Mais cedo, em comunicado, o Hamas prestara uma homenagem à "posição corajosa do primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, que defendeu ao vivo em Davis as vítimas da guerra sionista criminosa contra nossos filhos e nossas mulheres em Gaza, na cara do mal sionista Shimon Peres".

"Consideramos a saída de Erdogan da sala do debate como uma expressão de apoio às vítimas do holocausto perpetrado pelos sionistas", acrescentara o porta-voz do Hamas, Fawzi Barhum.

Quinta-feira, durante um debate sobre o conflito em Gaza organizado no contexto do Fórum Econômico Mundial em Davos, Erdogan saiu da sala furioso depois de ter sido impedido de falar depois de uma longa intervenção de Peres.

bur/yw/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG